“Apelo”, de Vinicius de Moraes e Baden Powell, reaparece com interpretação tocante de Zeca, acompanhado do bandolim de Hamilton de Holanda e do violão de 7 cordas de Yamandu Costa, dois herdeiros de Baden na arte de driblar harmonias com as cordas. Outra faixa que cruza épocas é “O sol nascerá (a sorrir)”, de Cartola e Elton Medeiros. Neste samba, escolhido para a abertura da novela das 7 da TV Globo, “Bom sucesso”, Zeca tem a companhia de Teresa Cristina, portelense da gema que recentemente viajou o mundo exportando a obra do fundador da Mangueira. Em apenas 2min38seg, com a reunião imaginária de Cartola, Elton, Zeca e Teresa, quatro gerações do que de melhor nossa cultura já produziu, a gente consegue explicar o Brasil todinho – impossível não sorrir.