Notícias

05/04/2018 09:26

Em entrevista à Billboard da Argentina, Claudia Leitte fala sobre o poder da mulher: “podemos ser exatamente o que queremos ser”

Claudia Leitte foi destaque na Billboard da Argentinha nesta quarta-feira (04). A publicação destaca o lançamento de “Carnaval”, parceria com Pitbull, e conversa com a cantora sobre sua carreira. “O título da faixa diz tudo; É muito especial para mim, é cheia de alegria e, ao mesmo tempo, traz novos ritmos ao meu trabalho”, explica ela.

Em uma das perguntas, a revista questiona como é ser uma mulher há tanto tempo no mundo da música, mesmo que ainda seja mais difícil atingir os objetivos quando comparadas aos homens. “Eu sinto que a mulher é muito mais ativa em todas as áreas. E isso é inspirador para mim como mulher e como artista. Sinto-me muito mais forte, não só por causa da minha experiência, mas por causa da conquista que tivemos no mercado. Agora podemos ser exatamente o que queremos ser. Olhe para o meu caso: eu não sou apenas um cantora, eu sou criadora e diretor de meus shows. Eu também sou empresária, sou eu quem administra meus negócios. Obviamente, tenho uma equipe, mas me sinto muito mais respeitada agora do que no começo da minha carreira”, conta.

“Eu percebo uma mudança radical no comportamento dos homens na indústria. Isso foi conquistado, em parte, com queixas de assédio sexual na indústria do entretenimento. O assédio é inaceitável, as mulheres têm que ser capazes de conquistarem tudo. Essas conquistas que estão começando são fundamentais”, completa Claudia.

Sobre seus 10 anos de carreira solo, ela fala: “Quero olhar para trás e ver que superei muitos desafios e continuo trazendo alegria para as pessoas. Eu quero meus 20 anos tenha muitas inovações e que eu saia da zona de conforto. Eu quero que minhas raízes estejam impregnadas em tudo que faço”, afirma.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo